Policromia

Para criação das obras e da Série Policromia, foram considerados como objetos as Tribos Indígenas Brasileiras. As obras são resultados de experimentações que apostam no causar estranhamento, despertar sensações, provocar reflexões. Ideia de que quem interpreta a mensagem deve se questionar sobre a flexibilidade, potencialidades, códigos, linguagem, entre outros. O discurso visual se constitui por meio da relação entre os fragmentos de imagens desconstruídas de seu aspecto original, possibilitando a construção de um novo objeto de arte. Cada obra teve como fio condutor uma tribo indígena, traços que dizem da memória do povo brasileiro.